Um caso trágico tomou os noticiários e tabloides do Reino Unido na semana passada: Leah Seymour, de 34 anos, morreu vítima de um ataque de asma após misturar água sanitária com produtos de limpeza.

A britânica que morava em Londres limpava um veículo em um lava-jato quando desmaiou em reação ao excesso do produto tóxico inalado através de suas vias respiratórias.

De acordo com o portal Daily Mail, Leah resolveu misturar água sanitária com produtos de limpeza. Em questão de minutos, já não conseguia respirar adequadamente.

A mulher foi encontrada já praticamente sem vida dono da lava-jato, Peter Seferi, que iniciou a ressuscitação cardiopulomar orientado ao telefone pelo serviço britânico de saúde enquanto esperava pela ambulância.

Leia também: Médico se forma e cumpre promessa de atender pacientes gratuitamente na cidade de sua mãe

A ressuscitação cardiopulomar surtiu o efeito desejado e foi suficiente para prolongar a vida de Leah. Após dar entrada às pressas na emergência de um hospital, a britânica foi colocada em coma induzido.

No entanto, ela não resistiu ao estrago feito pela água sanitária em seu organismo, falecendo após 4 dias na UTI.

Um laudo protocolado pelo Corpo de Bombeiros confirmou a morte por intoxicação. As autoridades alertaram que tal mistura, potencialmente perigosa, produzi um gás venenoso que leva ao ataque severo e fatal de asma.

Leia também: Post Malone viraliza por sua gentileza ao conhecer fã com autismo em seu aniversário [VIDEO]

Fonte: TN Online

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS