Na última sexta-feira (27), um morador em situação de rua emocionou a proprietária e os clientes de um bar e restaurante de Santos (SP).

O homem pediu para cantar uma música para a família que o abandonou, em uma sessão de karaokê no local.

De acordo com o portal G1, a canção escolhida foi ‘Vento no litoral’, da banda Legião Urbana, e a apresentação arrancou aplausos de todos os espectadores!

Leia também: Jovem coloca vestido de formatura na mãe e dedica à ela sua conquista: “Tudo graças a você”

Vanessa Barros, dona do restaurante Point 126, disse que Daniel Dias, que vive em situação de rua, chegou por volta da meia-noite e ficou parado na porta assistindo as pessoas cantando no karaokê.

“Quando fui para a parte de fora do restaurante, ele me parou e disse: moça, com licença, eu posso cantar uma música?. Eu falei que podia, é claro. Ele entrou e demos essa oportunidade”, disse a empresária.

Não demorou muito para a apresentação de Daniel tocar o coração de todos. “Ele cantou, chorou e todo mundo aplaudiu no final. Vi o quanto esse rapaz expressou um pouco de sua realidade do dia a dia”, disse Vanessa.

Segunda ela, toda sexta-feira é noite de karaokê no bar, que geralmente atrai de 70 a 80 pessoas. No dia em questão, haviam cerca de 40 clientes.

Em um vídeo compartilhado no Instagram, é possível ver o momento em que Daniel se emociona e se senta em uma cadeira, chorando. Em seguida, um homem que assistia, inclusive, se aproxima e o abraça.

Sentimento de abandono

Ao final da música, o homem pediu perdão pelas lágrimas e desabafou. “Ele veio me pedir desculpas por ter pedido para cantar. Disse que essa música era para mulher e para os filhos, que o abandonaram. Falei que não precisava pedir desculpas, que agradecia a ele por ter alegrado a nossa noite. Ele me abraçou e chorou”, explicou.

Logo depois, o mesmo cliente se aproxima novamente e disse que ele era tão merecedor de estar no restaurante quanto ele. “Muitos têm a música como uma terapia, uma forma de se distrair e desestressar, por isso coloquei o karokê [no bar]”, explicou a proprietária.

Antes das uma da manhã, o bar fechou e Daniel foi embora. Luciana disse que o rapaz costuma ficar em uma academia na mesma avenida em que fica o bar.

Leia também: ‘Transfer-Ido’: empresária do Rio denuncia golpe no PIX: ‘Fizeram uma montagem ridícula’

Fonte: G1

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS