Só quem tem um animal de estimação sabe o quanto é doloroso ver nosso melhor amigo tendo que lidar com alguma dor ou necessidade. Pior ainda é vê-lo em uma situação de perigo.

Alguns meses atrás, um tutor arriscou a própria vida para proteger seu companheiro peludo de um ataque de pit bulls na Rússia.

De acordo com o portal Upsocl, um rapaz passeava com seu cão idoso pela cidade de São Petersburgo quando se deparou com dois cães da raça American Staffordshire Terrier, conhecidos pelo temperamento forte e agressividade.

Os cães correram em direção ao seu animal de estimação e a única coisa que ele pôde fazer foi abraçá-lo, para evitar o ataque.

Leia também: Luciano Szafir tem estado de saúde grave e instável após cirurgia de emergência, revela colunista

Os pits estavam sem focinheira naquele momento. Felizmente, o homem agiu rápido para proteger seu doguinho.

Todo o momento foi gravado em vídeo por uma segunda pessoa, que o publicado nas redes sociais. As imagens viralizaram online, correndo o mundo.

Infelizmente, embora seu tutor tenha feito um grande esforço para protegê-lo, o cão idoso acabou sofrendo alguns ferimentos, mas nada que comprometesse sua saúde física.

Leia também: Cachorrinho falece 15 minutos depois do tutor, de 25 anos, vítima de um câncer cerebral

Além disso, o homem também foi ferido com mordidas.

A polícia local está investigando o ocorrido para trazer esclarecimentos, mas já afirmou de antemão que o responsável pelos pit bulls pagará pela irresponsabilidade de soltar os cães.

Fonte: Upsocl

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS