É normal os trabalhadores comemorarem os aniversários dos integrantes do local de trabalho: é um momento de entretenimento onde podem se distrair e se divertir. Além disso, com cada pessoa acontece uma vez por ano, então não seria um momento ruim. Mas nem todos gostam de comemorar e levam a sério quando querem mesmo que o dia passe despercebido.

É o caso de Kevin Berling, que no momento de ser contratado na empresa onde trabalhava em 2018, pediu que não comemorassem seu aniversário, pois isso lhe causava estresse.

Leia também: Vovó usa vestido de noiva original para comemorar 70º aniversário de casamento com o marido

Infelizmente, seu chefe o ignorou e decidiu que uma pequena comemoração era necessária, mas o homem sofreu um ataque de pânico, de acordo com documentos judiciais obtidos pelo The Miami Herald. Como se isso não bastasse, no dia seguinte aconteceu o mesmo com ela, pois o supervisor a acusou de “roubar a alegria de seus colegas de trabalho” e “ser uma garotinha” , pelo que ela passou a entrar com uma ação judicial.

Durante o julgamento, ele alegou que a empresa o discriminou por ter uma condição especial e retaliou por exigir uma acomodação razoável, que lhe permitiria funcionar sem problemas.

O julgamento não foi fácil e durou dois dias, onde o aniversariante que não gosta de festa acabou ganhando US$ 300 mil em danos emocionais e US$ 150 mil em salários perdidos – totalizando o equivalente a R$ 2,2 milhões. A advogada da empresa, Katherine Kennedy, nega qualquer responsabilidade e não descarta outras opções legais contra o autor.

No entanto, Kevin Berling agora desfruta de uma grande quantia em dinheiro que teve que ser paga pela empresa que não levou em conta que não deveria comemorar seu aniversário.

Para o vencedor do julgamento, o aniversário foi algo que trouxe de volta lembranças ruins de sua infância, relacionadas ao divórcio de seus pais, por isso avisou seus chefes desde o primeiro momento. No entanto, o supervisor esqueceu de passar o pedido e agora, eles tiveram que pagar as consequências.

É importante ficar atento a essas coisas, um bom ambiente de trabalho é ideal se as pessoas querem se dar bem e também evitar processos judiciais.

Leia também: Casal de mães adota 3 irmãos ao mesmo tempo para que não fossem separados: “Foi nosso instinto”

Fonte: Miami Herald

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS