Em 2020, a Netflix lançou o filme de ação, Resgate, protagonizado por Chris Hemsworth – e em breve, o longa poderá virar um jogo. Na trama que se passa na Índia, o ator interpreta um mercenário que recebe a tarefa de resgatar o filho de um chefão do submundo criminal.
Conhecidos como os irmãos Russo, os diretores do longa, Joe e Anthony Russo, venderam 35% da sua produtora indie para o estúdio de games Nexon. A produtora AGBO foi avaliada em 1,1 bilhão de dólares, e o estúdio japonês investiu cerca de US$400 milhões no total. Caso a AGBO solicite, a Nexon se comprometeu a investir mais US$100 milhões no primeiro semestre de 2022.

Game

Os diretores de Resgate (ou Extraction, no título original) já tinham feito a proposta de transformar o longa em game para a Netflix – mas a Nexon será uma das principais parceiras nessa adaptação. Ressaltando que, recentemente, a Netflix anunciou que irá oferecer jogos em seu serviço de streaming ainda em 2022.

Contudo, essa promessa ainda não se concretizou no mundo inteiro, restando aos gamers de plantão aproveitarem outra oportunidades disponíveis por aí – por exemplo, a bet365 é confiável e, além de ter uma grande variedade de apostas esportivas, conta com um cassino virtual e dezenas de jogos para todos os gostos. No confiável.com, você descobre como ganhar um bônus generoso ao acessar a Bet365 pela primeira vez, assim como todos os benefícios que pode encontrar na plataforma.

Apesar do projeto ainda estar na fase conceitual, espera-se que, por conta do filme, o jogo Resgate seja um game de tiro. Também é possível que haja uma continuação do filme, e que eles tenham datas de lançamento próximas.
A Nexon é o terceiro maior estúdio de jogos da Ásia, ficando atrás apenas da Tencent e da NetEase. O portfólio da empresa inclui jogos como FIFA Mobile, Counter Strike: Online e MapleStory.

Mais novidades

Além dessa novidade referente ao seu longa, a empresa de streaming recentemente realizou uma das suas maiores aquisições no universo indie. Em seu site oficial, o estúdio de games independente, Night School Studio, anunciou que irá levar a sua expertise para a Netflix.

Em nota, o co-fundador do estúdio responsável pelos jogos Oxenfree e Afterparty, Sean Krankel, disse que o “seu compromisso com a excelência artística e histórico de sucesso fazem deles parceiros de peso na criação de novos recursos criativos e da biblioteca de jogos da Netflix”. Ele ainda afirmou que a empresa é um belo quadro em branco para criadores de games e filmes entregarem “entretenimento excelente para milhões de pessoas.”
Ainda na nota estava: “nossas explorações em jogabilidade narrativa e o histórico da Netflix em apoiar contadores de história diversos foi um pareamento bastante natural. Sentimos como se ambos os times tivessem chegado a essa conclusão de forma instintiva”.

Jogada de mestre

Atualmente alguns assinantes do serviço de streaming já têm acesso aos títulos interativos em dispositivos mobile. Alguns deles são Stranger Things: The Game, Stranger Things 3, Card Blast, Teeter, e Shooting Hoops. Segundo a companhia, este serviço ficará disponível em mais de 190 países para assinantes – não há propagandas, taxas adicionais, ou até mesmo microtransações, que já se tornaram comuns em muitos lugares.

O chefe da Xbox, Phil Spencer, já comentou que sabe o quão inteligente a Netflix está sendo. “Eles estão comprando alguns estúdios. Eles estão aprendendo sobre o processo criativo do entretenimento interativo. E eu acho que essa é uma maneira muito inteligente deles entrarem neste mundo”, comentou ele durante um podcast da New York Times.

Contudo, apesar de ter contratado um executivo que trabalhava na EA, Netflix ainda não pode competir com o Xbox, já que foca no mercado mobile casual. Spencer afirma que o negócio de transações e compra de jogos ainda é o maior negócio da Xbox e maior do que assinaturas, apesar de confessar que o sistema de assinaturas está crescendo mais rapidamente.

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!