Georgina Rodríguez é a namorada de Cristiano Ronaldo, que roubou a atenção da mídia recentemente após o lançamento de sua série documental para a Netflix, “Soy Georgina”.

Nela, a modelo de 28 anos mostra como sua vida mudou após conhecer o jogador de futebol em uma loja.

Embora a ideia desta série fosse mostrar sua vida em profundidade e mais detalhes de seu relacionamento com Cristiano, a verdade é que ela gerou rusgas entre sua família espanhola, pois eles garantem que ela os esqueceu, pois agora tem dinheiro.

Através de várias entrevistas, parentes como seu tio e sua meia-irmã garantiram que Rodríguez “não é uma boa mulher” e que cortou os laços com eles quando se tornou a namorada do jogador de futebol mais seguido do mundo.

Leia também: “Ama-se por memória” – poema de Álvaro de Campos (heterônimo de Fernando Pessoa)

O primeiro a falar foi seu tio, Jesús Hernández, que disse ao The Sun que tentou se comunicar com Georgina, mas não teve sucesso, a ponto de acusá-la de esconder a morte de seu pai:

“Ela pode sentir vergonha de nós e se considerar melhor do que nós porque não vivemos no luxo dela. Georgina morou comigo durante sua adolescência. Ninguém nos contou que Jorge havia falecido. Tentei me comunicar com ela”, disse seu tio.

Na mesma entrevista, sua família mencionou que Cristiano “tem a mulher mais malvada ao seu lado” e os incomodou por não serem considerados para a série da Netflix, que supostamente contaria a vida de Georgina antes de conhecer o jogador de futebol.

A juntar a estas declarações, Patrícia – meia-irmã de Georgina – disse que no aniversário do filho pediu a Cristiano que autografasse uma camisa para ele mas ela recusou.

Tudo desmoronou entre eles quando seu pai foi parar na prisão e faleceu pouco tempo depois. Aliás, Patrícia declarou que sua irmã prometeu ajudá-la com seus problemas econômicos, mas foi ignorada.

“Eu parei de ver Gio logo depois que meu pai entrou na prisão, fiquei com ela, com sua irmã e com sua mãe, mas logo depois me colocaram em um reformatório. Desde então, mal tive contato com Georgina e sinto falta dessa relação de irmã”, acrescentou Patrícia em entrevista à Telecinco.

Após as declarações na televisão espanhola, Georgina decidiu dar a sua posição sobre o assunto numa publicação nas suas redes sociais. Lá ela esclareceu que para ela sua família é apenas sua mãe e sua irmã de sangue.

“Quero agradecer a minha família. Aquele que não soltou minha mão desde que vim a este mundo. Obrigado a minha mãe e minha irmã @ivana.rodriguez por me acompanharem no caminho da vida, pois sempre fomos uma pequena família de 3, mas isso nos tornou incondicionais e inseparáveis. Obrigado mãe pelos valores que nos incutiu, que hoje não vivo sem. Amor e respeito”, escreveu ele no post.

Georgina e Cristiano se conheceram em uma loja Gucci quando ela trabalhava como vendedora , e onde o futebolista ficou arrasado desde o primeiro momento. Atualmente, eles formam sua família com quatro filhos, mas estão esperando gêmeos.

Leia também: “Combinamos de nunca chorar na frente da Lua”, diz Tiago Leifert após descobrir câncer raro na filha

Fonte: Upsocl

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS