Uma simples atitude de Cristiano Ronaldo foi suficiente para dar um prejuízo de US$ 4 bilhões (R$ 20 bilhões!) à Coca-Cola.

Nesta terça-feira (15), durante uma coletiva de imprensa, o jogador de futebol tirou duas garrafas da marca norte-americana de sua frente, colocando uma de água no lugar.

Esse gesto foi suficiente para a companhia de refrigerantes perder a cifra bilionária em valor de mercado.

Leia também: Em vídeo comovente, gatinho desesperado tenta salvar a vida de seu melhor amigo atropelado

Não é novidade para ninguém que o futebolista de 36 anos é um fiel adepto de uma dieta saudável, livre de processados e industrializados, incluindo aqui a Coca-Cola, que é patrocinadora oficial da UEFA.

É bem provável que a atitude de retirar as garrafas tenha sido espontânea, sem qualquer planejamento prévio. Ainda assim, foi suficiente para causar uma queda nas ações da empresa via bolsa de valores.

Na Bolsa de Valores europeia, por exemplo, cada ação da Coca-Cola valia 56,10 dólares. Logo depois da coletiva de Cristiano Ronaldo, a ação despencou para 52,22 dólares (queda de 1,6%).

Leia também: Homem encontra bebê engatinhando sozinho em praia, a poucos metros de rua movimentada

Assim, o total de patrimônio da Coca-Cola na Europa passou de 242 bilhões de dólares a 238 bilhões de dólares. Perda de 4 bilhões de dólares com o gesto de Cristiano Ronaldo.

Esse efeito-cascata exemplifica bem a estatura de Cristiano Ronaldo perante a opinião pública. Sozinho, o jogador tem 299 milhões de seguidores apenas no Instagram.

Fonte: UOL

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS