Na tarde desta terça-feira (24), 19 crianças e 2 professoras foram brutalmente executadas por Salvador Ramos, de 18 anos, em uma escola de ensino infantil no Texas (EUA).

Até agora, treze crianças que estudavam na Robb Elementary School, em Uvalde, foram identificadas.

De acordo com o jornal Washington Post, Ramos era um jovem “antissocial”, “distante” e “frio”, conforme descrito por pessoas próximas a ele.

Antes de invadir a escola e abrir fogo, ele atirou contra a própria avó, que permanece no hospital internada.

Em meio à investigação preliminar do ocorrido, o Departamento de Segurança Pública do Texas informou que todos os mortos estavam em uma única sala de aula da quarta série. Ramos invadidu a sala e se barricou lá dentro antes de abrir fogo.

Minutos depois do massacre, ele foi morto nessa mesma sala de aula por uma unidade tática da polícia.

Abaixo, separamos 13 dos 19 alunos que foram vítimas do massacre.

1. Xavier Lopez, 10 anos

2. Uziyah Garcia, 9 anos

3. Amerie Jo Garza, 10 anos

4. Eliahana ‘Elijah Cruz’ Torres, 10 anos

5. Makenna Lee Elrod, 10 anos

6. Ellie Lugo, 10 anos

Leia também: Auxiliar de serviços gerais devolve pix de 95 mil recebido por engano e viraliza na web

7. Jose Flores, 10 anos

8. Nevaeh Bravo

9. Annabell Guadalupe Rodriguez, 10 anos

10. Alithia Ramírez, 10 anos

11. Jayce Carmelo Luevanos, 10 anos

12. Jailah Nicole Silguero, 11 anos

13. Rojelio Torres

Além das crianças, duas professoras também foram executadas enquanto tentavam proteger os estudantes.

Uma delas é Eva Mireles, uma professora da quarta série que estava na escola há cerca de cinco anos. A tia dela, Lydia Martinez Delgado, confirmou a morte à ABC News.

“Estou furiosa que esses tiroteios continuem. Essas crianças são inocentes. Os rifles não devem estar facilmente disponíveis para todos. Esta é minha cidade natal, uma pequena comunidade de menos de 20 mil habitantes. Nunca imaginei que isso aconteceria especialmente com entes queridos. Tudo o que podemos fazer é orar muito por nosso país, estado, escolas e principalmente pelas famílias de todos”, disse ela.

A segunda professora era Irma Garcia, de 46 anos, que foi identificada por familiares e amigos com o coração partido como outra vítima do tiroteio.

Em 2019, ela foi nomeada “professora do ano” pelo Distrito Escolar Independente de Uvalde.

“Minha tia não sobreviveu, ela se sacrificou protegendo as crianças em sua sala de aula, eu imploro a você que mantenha minha família, incluindo toda a família dela, nas orações de vocês, Irma Garcia é o nome dela e ela morreu como uma heroína. Ela era amada por muitos e fará muita falta”, disse seu sobrinho John em um post no Facebook.

Leia também: Imagens mostram como ficou Fusca de influencer que viajava com cachorro e faleceu em acidente nos EUA

Fonte: Crescer

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS