Com apoio do Vaticano, a Embaixada da Ucrânia solicitou às autoridades russas que não destrua, nem cause danos à Catedral de Santa Sofia, em Kiev, capital do país.

De acordo com o portal The Independent, o serviço de inteligência ucraniano interceptou um plano de Putin para fazer um ataque aéreo ao edifício, que é do século XI (1001-1100).

O apelo pela manutenção da paz sobre a área da Catedral foi feito nesta semana. Ela é considerada Patrimônio Mundial pela Unesco. “Apelamos aos russos: não cometam esse crime!”, diz a mensagem da embaixada no Twitter.

Leia também: Desconhecidos compram casa nova para idoso que vendeu a sua para pagar estudos da neta

Erguida há mais de 700 anos, a Catedral de Santa Sofia de Kiev é a mais antiga da atual capital ucraniana, construída às ordens do Príncipe Yaroslav, “O Sábio”.

Por décadas, ela foi o centro político, cultural e social da “Rússia de Kiev”, tendo resistido a invasões adversas.

Atualmente, o edifício funciona como museu e guarda obras dos séculos 17 a 19. Desde 1990, é considerada um Patrimônio Mundial pela Unesco.


Leia também: Mulher com mais de 50 anos opta por deixar o cabelo natural pela 1ª vez e recebe elogios

Fonte: Casavogue

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS