Há uma frase que com certeza você já ouviu quando criança: “A coisa mais feia é não ser grato”.

Ao longo dos anos, percebemos o quanto essa premissa é verdadeira e que mão é nada agradável ter pessoas ingratas ao nosso redor. Sempre tentamos evitá-las em nome da nossa paz interior.

Certamente você já lidou com essas pessoas ao seu redor e se surpreendeu negativamente quando a atitude delas vieram à tona.

Por essas razões, listamos aqui os sinais que você deve ficar atento para evitar a ingratidão:

1. Uma pessoa mal-agradecida está sempre em situação de necessidade

As pessoas ingratas sempre precisam de algum tipo de ajuda, seja para pagar as contas, cuidar dos filhos ou para ir a algum lugar. Sempre vão precisar de algo de outra pessoa. Elas estão sempre em estado de emergência e, geralmente, ele é criado por meio de um julgamento ou propósito ruim, para dar embasamento ao seu próprio drama.

2. Pessoas mal-agradecidas não têm tempo para outras pessoas a menos que precisem delas

A menos que necessitem de algo seu, elas jamais vão lhe procurar. Elas só se lembram da sua amizade quando estão com algum problema. Você nunca receberá delas um convite para jantar ou o oferecimento de ajuda. Se o mundo delas está bem, então você não existe.

 

Não fale com amigos e familiares apenas quando precisar de algo. Ofereça ajuda sempre que precisarem ou simplesmente convide para um café. As relações construídas com base na ajuda mútua são as mais fortes e duram a vida toda.

3. As pessoas mal-agradecidas esperam sempre por ajuda

Elas se sentem no direito de ter sua ajuda, seja porque você é da família ou porque sentem que você lhes deve algo pelo fato de serem amigos. Não agradecem porque acreditam que você não as está ajudando, mas sim, pagando uma dívida. Podem ter feito até alguma coisa boa por você, mas o fizeram apenas com o intuito de jogar isso na sua cara e fazer você se sentir na obrigação de ajudá-las. Elas esperam sempre que a família as ajude, apenas pelo fato de serem familiares.


Leia também: Em Barcelona, Messi inaugura clinica de combate ao câncer infantil que ajudou a construir

Não espere ajuda das pessoas. Você é forte, independente e resiliente. É extremamente capaz de se ajudar e a se levantar depois de cair. É muito bom quando recebemos ajuda e devemos estar muito agradecidos quando isso acontece, porque não é sempre que alguém pode nos ajudar, mas você não deve se sentar em uma torre e esperar que alguém o salve. Salve-se a si mesmo!

4. O mundo gira ao redor dos ingratos e de seus horários

Se eles entram em contato, você tem que deixar tudo o que estiver fazendo para ir ajudá-los. Se é uma emergência inesperada, isso só aconteceu por erro na gestão do tempo ou irresponsabilidade do ingrato, mas eles sempre esperam que você vá correndo para salvá-los a qualquer momento.

Se alguém está disposto a oferecer-se voluntariamente para ajudar você, então o mínimo que você pode fazer é planejar seu horário para que fique bom para ambos. Estar agradecido com a ajuda de alguém, significa entender que o tempo do outro é tão importante para ele quanto o seu.

5. Uma pessoa ingrata, muitas vezes, morde as mãos que as alimentam

Apesar de toda a sua ajuda, uma pessoa ingrata pode acabar se voltando contra você. Ela falará de você pelas costas e dirá às pessoas que nunca recebeu qualquer ajuda sua e que, na verdade, você é o mal-agradecido. Mesmo que você se doe completamente para ela, ainda assim, corre o risco de ser caluniado para que o ingrato conquiste a simpatia de outras pessoas que lhes possam ser úteis.

Leia também: Elefante mata idosa de 70 anos e depois volta para pisotear seu cadáver em funeral na Índia

Fonte: El Clube De Los Libros Perdidos

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS