O mundo não é um lugar tão amigável para as mulheres quando se trata de estereótipos. É que os padrões de beleza, entre outros, são tão exigentes que quando você não se encaixa nesse molde, você é fortemente criticado/a.

E as celebridades conhecem essas situações de muito perto !

Infelizmente, boa parte do grande público acredita que tem o direito de poder opinar sobre suas aparências, algo que não é verdade. E embora elas próprias reconheçam que no início isso as afetou, depois entenderam que não são elas o real problema.

E agora lutam dia a dia contra esses estereótipos que as mantinham, de alguma forma, “prisioneiras”!

Abaixo, separamos 10 celebridades que se cansaram dos estereótipos e decidiram ser elas mesmas de uma vez por todas! Confira.

1. Demi Lovato

“Quando você vê todas as formas e tamanhos diferentes, pode olhar para si mesma e saber que é única e linda do jeito que é”, disse a cantora em uma das muitas vezes em que foi transparente sobre os desafios de aceitar o próprio corpo.

2. Cameron Diaz

“Sou vítima de todas as objetificações sociais, sabe, das explorações a que as mulheres são submetidas. Eu mesmo acreditei em todas elas em certos momentos. É difícil dizer não. É difícil não olhar para si mesma e se julgar contra os padrões de beleza”, disse a atriz sobre os padrões de beleza e o quanto eles a afetaram. Agora ela tenta parecer o mais natural possível!

3. Pink

“Você me vê deixando meu cabelo crescer? Você me vê mudando meu corpo? Você me vê mudando a forma como me apresento ao mundo?”. Pink perguntou à filha depois de conversar com ela sobre o quanto ela havia sido criticada pelo show business. Hoje, se aceita como é.

4. Lizzo

“Ok, todos nós sabemos que sou gorda. Eu sei que estou gorda. Não me incomoda. Gosto de ser gorda, sou bonita e sou saudável. Então podemos continuar?”, Lizzo disse em entrevista à People quando falou sobre as críticas ao seu corpo.

5. Helen Mirren

“Acho que as mulheres têm tanto medo de ter cabelos brancos ou grisalhos porque imediatamente as colocam em uma categoria diferente. E é claro que você está nessa faixa etária. Sinto muito, mas você está! Então, por que não simplesmente aceitar, seguir em frente e dar as boas-vindas? Que seja algo positivo em vez de negativo”, disse a atriz à revista People.

6. Alicia Keys

Leia também: ‘Eu tomo conta do mundo’, uma irretocável crônica de Clarice Lispector

“Para cada performance, cada sessão de fotos e cada aparição, há uma expectativa de perfeição feminina”, disse a cantora em seu livro. “Criar essa armadura impenetrável da perfeição é literalmente uma produção de uma hora e, nos meus primeiros quinze anos na música, eu vivi isso quase todos os dias”, disse ela sobre seu processo de começar a ignorar os padrões de beleza.

7. Adele

“Já vi pessoas agarradas à aprovação dos outros, que querem ser mais magras ou ter seios maiores, e como se desgastam. E não quero isso na minha vida”, disse a cantora, que enfrenta críticas por seu corpo desde jovem.

8. Lupita Nyong’o

“Existem maneiras mais valiosas de alcançar a beleza do que apenas através de suas características externas”, disse a atriz e modelo, que lutou com problemas de autoestima desde muito jovem.

9. Jameela Jamil

Jameela Jamil desde que se tornou uma celebridade mais reconhecida em Hollywood, tem criticado outras celebridades por promoverem padrões de beleza inatingíveis.

Como ela mesma disse, quando começaram a apreciar sua beleza mais do que suas conquistas, ela decidiu deixar os cosméticos de lado.

“Comecei a encontrar beleza em outras áreas da vida, como rir, amar ou ser tocada. Já não penso muito em beleza estética. Eu tento não; de qualquer forma, acho que todos nós fazemos isso de vez em quando”, disse ele uma vez.

10. Melissa McCarthy

Melissa McCarthy foi confrontada publicamente com esses tipos de comentários e perguntas: em uma ocasião um jornalista a chamou de “grotesca” e em outra, um repórter perguntou a ela: “Você está surpresa por realmente trabalhar neste negócio com seu tamanho tremendo?” .

Claro que ela procurou uma forma de se defender. Como? Expondo o quanto os padrões de beleza são prejudiciais!

“Temos que parar de categorizar e julgar as mulheres com base em seus corpos. Estamos ensinando as meninas a lutar pela perfeição inatingível em vez de se sentirem saudáveis ​​e felizes em sua própria pele”, escreveu ela em um post.

Leia também: Princesa do Japão que se casou com ‘plebeu’ aceita trabalho não-remunerado em museu dos EUA

Fonte: Incrível

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS