Em decisão conjunta dos pais, um bebê de 4 meses foi submetido a um tratamento a laser para retirar marcas de nascença do seu rosto. Agora, os progenitores estão sendo alvos de cancelamento na internet pela controversa decisão.

Brooker Atkins, 33, e Kewene Wallace, 27, de Sydney, na Austrália, disseram à imprensa que não esperavam tamanha repercussão negativa.

O pequeno Kingsley nasceu com uma condição rara, caracterizada por uma mancha que cobria metade do seu rosto.

Conhecida como ‘mancha de vinho’, a doença é inofensiva. No entanto, quando localizada no rosto e nos olhos, pode ser associada ao glaucoma e a um distúrbio neurológico chamado Síndrome de Sturge Weber – capaz de causar convulsões.

Leia também: Garotinho de 5 anos se veste de Chucky e assusta vizinhos nos Estados Unidos

Segundo o diagnóstico médico, o bebê tinha as duas condições, o que motivou seus pais a aprovarem o tratamento a laser.

“O problema com as manchas de vinho do porto é que elas são progressivas, o que significa que vão mudar e escurecer com o tempo. Elas podem desenvolver uma aparência de paralelepípedos, com saliências elevadas, sulcos e o risco de bolhas vasculares, com perigoso sangramento. Uma vez que uma mancha de vinho do porto chega a esse estágio, muitas vezes é muito difícil de tratar e o laser quase não tem efeito, pois a pele já está muito danificada. O objetivo dos tratamentos a laser não é ‘remover’ a marca de nascença, mas sim manter a pele saudável, para evitar mais danos à área”, disse a mãe.

O cancelamento nas redes sociais começou quando Kewence e Brooke divulgaram o antes e depois do procedimento na internet.

Apesar de explicarem que não tinham outra alternativa a não a cirurgia, eles foram muito criticados pelos internautas.

“Essa marca de nascença é pouco visível, o que você está fazendo com ele é horrível, é mais para você do que para ele”, criticou uma internauta.

No entanto, os australianos também receberam diversas mensagens de apoio.

“Só gostaria que essas pessoas soubessem sobre os problemas de saúde relacionados a esses tipos de marcas de nascença antes de escrever essas coisas, que isso não foi por razões estéticas e que, como pais, essa foi a decisão mais difícil que tivemos que tomar.”

Assista ao vídeo (se não abrir, clique aqui)

@brookecyn

Reply to @abbietiktok1234 #greenscreensticker excuse the drool!

♬ original sound – Brooke

Leia também: O QI da humanidade está caindo pela 1ª vez em décadas e os cientistas não sabem porquê

Fonte: Glamour

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS