O debate sobre a importância do desapego é recorrente no budismo. Acredita-se que a correta compreensão dessa importância desempenha um papel fundamental na minimização do sofrimento humano. Mas e quando o desapego nos coloca diante de questões éticas, como o cuidado que devemos àqueles que dependem de nós e que, ao mesmo tempo, nos proporcionam sofrimento?

No vídeo a seguir, do canal Mova, Monja Coen esclarece a posição do budismo acerca destas questões correlacionando essa reflexão a outras, igualmente importantes, como a noção de culpa e de transitoriedade. Confira:

Deseja livrar-se da ansiedade, do estresse e até mesmo da depressão?
O Yoga é o caminho. Conheça o curso clicando AQUI.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!