Você sabia que o nosso brigadeiro é conhecido em muitos países como “trufas brasileiras”, devido à sua textura macia e delicada que faz lembrar as trufas francesas? Bela e bendita comparação…

Na receita abaixo, a leveza e a cremosidade se fazem notar ainda mais graças a um ingrediente específico: o creme de leite.

Outro diferencial desta receita é que os itens são primeiramente misturados antes de ir ao fogo. Confira a receita, faça seu brigadeiro e conta pra gente se ficou ou não ficou “o melhor brigadeiro do mundo”. Trouxemos a receita do Canal MCI, no Youtube (subscreva).

Receita de brigadeiro para festa
Ingredientes
800g de leite condensado
100g de margarina sem sal
100g de chocolate em pó 50% cacau ou chocolate em barra
200g de creme de Leite

Modo de preparo:
Você deve misturar odos os ingredientes na panela e só depois levá-la ao fogo. Dissolva bem até que fiquem todos bem incorporados num creme mais homogêneo. Cozinhe em fogo brando mexendo sempre sem descuidar para que não grude ou queime até adquirir a consistência que descole do fundo da panela.

Atenção: o segredo é saber o ponto certo de enrolar. Não durma no ponto!!

Leia também: Bolinho de Chuva: delicioso e super simples de se fazer

Curiosidade

O site Origem das Coisas, nos conta como e quando o brigadeiro teria sido criado:
O brigadeiro, um dos doces mais famosos do mundo, teve origem brasileira e a sua criação resultou de circunstâncias bastante originais.

Em 1945, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial, o Brasil estava em época de campanha para eleição de um novo presidente. O candidato Eduardo Gomes, cuja patente militar era Brigadeiro, tinha enorme sucesso entre as mulheres, o que aliás era comprovado pelo seu slogan da campanha que era “Vote no brigadeiro que é bonito e solteiro”.

“Vote no brigadeiro que é bonito e solteiro!”

Assim, as suas eleitoras mais devotas decidiram tentar promover a sua campanha organizando festas para angariar fundos e para dar ainda mais visibilidade ao seu candidato. Contrariamente a venderem o habitual merchandising eleitoral, decidiram elaborar um doce para ser vendido nesses encontros. Havia no entanto um problema. Como se estava em tempo de pós guerra havia imensa falta de leite fresco e de açúcar, o que complicava a tarefa de se fazer qualquer doce. Assim, decidiram recorrer ao leite condensado, misturando-o com manteiga e chocolate.

Estava assim criado o que ficou na altura conhecido como “o doce do brigadeiro” e que era vendido durante a campanha, tentando conquistar votos através do paladar do eleitorado. O doce foi um sucesso, mas o candidato acabou por não ser eleito.

Durante a década de 50 o nome foi abreviado e o doce espalhou-se por todo o país, sempre com uma excelente recepção.”

Imagens via Pixabay/rodrigokvera

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!