Vejam que história mais fofa!!
Quem desconhece as obras do “acaso” por certo duvidaria que uma belíssima amizade viria acompanhada de pacotes e selos, não é mesmo?

Pois essa é a hitória de adorável pug chamado Kaijeaw.

Um dia, a dona de Kaijeaw, June, acordou de uma soneca e ouviu sons de alguém fora de sua casa na Tailândia. Quando ela olhou pela janela, June viu um funcionário dos correios que acabara de deixar um pacote em seu portão. Mas essa não seria sua única entrega.

Kaijeaw, naturalmente, havia corrido para cumprimentar o estranho – que havia feito uma pausa em seus deveres para regar o cão com amor.

“Estou tão feliz por ter visto isso”, afirmou June.

Não é preciso dizer que foi amor à primeira vista para Kaijeaw.

Desde então, Kaijeaw passou a observar todo e qualquer movimento em frente a casa, na esperança que o seu amigo voltasse, mas ele infelizmente não voltou. June chegou a receber outras encomendas, com outros entregadores, mas Kaijeaw simplesmente os ignorou, afinal, nenhum deles deu carinho a ela.

Aqui, Kaijeaw está nitidamente triste porque o entregador não apareceu mais. (Foto: Facebook/Kaijeaw Thestories)

Percebendo o quão sentida Kaijeaw havia ficado nos últimos dias, June resolveu agir e fez uma nova encomenda, mas dessa vez solicitou à empresa que a entrega fosse feita pelo primeiro entregador. Para a surpresa de Kaijeaw, o entregador apareceu com o pacote e com muito carinho para dar à ela.

A dona não conteve a alegria ao ver a carinha feliz de sua pet ao ser abraçada por seu novo amigo e divulgou a história em suas redes sociais.

Mas, diga a verdade, tem como não morrer de amor diante dessas criaturinhas?

Leia também: Espancada, grávida e deitada na estrada, cachorrinha lutou para sobreviver e tem um final feliz

Fonte: The Dodo

A Revista Pazes apoia as medidas sociais de isolamento.
Se puder, fique em casa. Evite aglomerações. Use máscara.
Quando chegar a sua vez, vacine-se.
A vida agradece!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!