SP - 22/07/2016 - ISTOE - OS GURUS DA INTELECTUALIDADE BRASILEIRA. MARIO SERGIO CORTELLA - FOTO: FELIPE GABRIEL

Mario Sergio Cortella fala na ‘Academia CBM’ sobre percepção inteligente, a dificuldade projetiva. Nenhum de nós é dotado de todas as habilidades: ‘Nem sempre conosco a razão está’.

Confira sua fala na íntegra abaixo:

“Pensar menos faz bem, então vamos pensar um pouco sobre percepção inteligente. A dificuldade projetiva.

Frase muito usual: ‘eu sei o que eu faço, ou pessoas que dizem: ‘há dois modos de fazer as coisas, o meu ou o errado’, você que escolha’.

Claro que apesar do humor contido nessa última expressão, ainda assim, ela é uma manifestação quando feita de modo sério, mesmo colocando ali um pouco de riso.

Leia também: Filho de Whindersson Nunes e Maria Lina morre 2 dias após o nascimento

Ela é uma expressão da arrogância, da ideia de que ‘pode deixar, eu sei o que eu faço’, é um indicador de uma potência que não necessariamente se pode expressar; afinal, nenhum de nós é dotado de todas as condições, todas as habilidades, todas as competências.

Nesse sentido, uma das coisas mais fortes é entender que nem sempre conosco a razão está – o que não significa que ela se ausente o tempo todo, mas também não está presente de modo contínuo numa realidade que é tão diversa, tão expressivamente alternada em relação às nossas concepções.

Daí que Mario da Silva Brito, escritor paulista nascido em 1916 – numa obra dele que eu cito com frequência, que tem o título especial de ‘Desaforismo’ (ao invés de aforismo) – onde ele diz que ter razão é fácil, perceber que os outros a tem, eis o problema.

Leia também: A atriz Isabel Fillardis comemora aniversário de 18 anos do filho Jamal: ”Gratidão por me escolher”

Veja, ter razão é fácil, perceber que os outros a tem, eis o problema! Daí o que eu chamava de uma percepção inteligente: sermos capazes de olhar também outras pessoas com razão quando, de fato, não a temos.

Claro que essa dificuldade de projetar a certeza em outra pessoa, ela vem não só da maturidade, mas da inteligência. É tempo para o conhecimento.”

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS