Mais de 1,5 milhão de pessoas fugiram da Ucrânia desde o início da invasão russa, segundo o chefe da Agência da ONU para Refugiados, muitos dos quais são mulheres e crianças.

Do outro lado da fronteira, na Polônia, outras mães estão se esforçando para ajudar.

Uma foto agora viral mostra uma fila de carrinhos totalmente equipados esperando por mães ucranianas em uma estação de trem na fronteira em Medyka, Polônia.

Os carrinhos foram colocados lá por mães polonesas, segundo Francesco Malavolta, o fotógrafo que capturou a foto.

Leia também: Cachorro é resgatado por tutor após ser atacado por ouriço em Araras (SP)

“O que me impressionou antes de tirar a foto foi a ausência de pessoas ao redor, enquanto a dois metros de distância havia quilômetros de pessoas. Parecia surreal”, disse Malavolta à ABC News por e-mail. “Pensei nos dois, na solidariedade de quem trouxe os carrinhos e nas histórias dramáticas de mães fugindo da guerra.”

Malavolta também tuitou na segunda-feira uma foto que tirou mostrando carrinhos de bebê alinhados na fronteira entre a Eslováquia e a Ucrânia.

Com homens de 18 a 60 anos forçados a ficar e lutar na Ucrânia, sob uma ordem de lei marcial do governo ucraniano, são as imagens de mães e filhos fugindo do país que chamaram a atenção do mundo .

Em Medyka, um vilarejo na fronteira no sudeste da Polônia, mães e bebês que viajaram por dias para fugir da Ucrânia são recebidos com doações de suprimentos, que vão de comida de bebê a fraldas e roupas de neve.

Leia também: Cadela espera sua tutora por mais de 80 dias no local exato onde ela faleceu

Fonte: UOL

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS