Conforme noticiado nesta manhã pelo site G1, Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, necessitou de atendimento médico na última madrugada. Monique Medeiros da Costa Silva de Almeida, genitora do menino Henry, morto de forma violenta no dia 8 de março deste ano, estão presos por, segundo a polícia, tentarem atrapalhar as investigações no caso em que são considerados suspeitos.

A informação sobre o estado de saúde de Monique foi confirmada pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap).

Segundo a SEAP, Monique sentiu dores abdominais após urinar e solicitou atendimento médico. Ela foi encaminhada ao Hospital Penal Hamilton Agostinho, dentro do próprio Complexo Penitenciário de Gericinó. Ela foi diagnosticada com “infecção urinária” e permanecerá internada por cerca de 3 dias.

Veja ainda:
Caso Henry: vereador Jairinho e a mãe da criança são presos. Além do homicídio, suspeita de tortura

Mãe de Henry chora durante boa parte da primeira noite na prisão; Dr. Jairinho passou mal e foi atendido em uma UPA

Dr. Jairinho e mãe de Henry jogaram os celulares pela janela depois que a polícia chegou, diz delegada

A Revista Pazes apoia as medidas sociais de isolamento.
Se puder, fique em casa. Evite aglomerações. Use máscara.
Quando chegar a sua vez, vacine-se.
A vida agradece!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!