Sikkim (Índia), região em que se encontra a cidade de Lachen, é conhecida como a Terra das Flores e mundialmente famosa por sua escolha favorável à agricultura orgânica. Nos últimos anos, mais de 75.000 hectares de terra foram convertidos em agricultura orgânica certificada, seguindo as diretrizes do programa nacional de produção orgânica.

Seguindo na preocupação ambiental, Lachen, a cidade de Sikkim – no nordeste da Índia – em breve introduzirá garrafas de bambu para salvar um ambiente invadido por turistas. Já há mais de oito anos, foi a primeira cidade da Índia a proibir completamente as garrafas de água potável embaladas. Agora é hora de dar mais uma virada verde.

A cidade possui uma população pequena de cerca de 2.500 pessoas, pertencente principalmente à comunidade Lachengpa, mas é frequentada diariamente por comitivas de turistas que nem sempre são respeitosos. Aqui, de fato, a 2.750 metros de altura, as montanhas cobertas de neve do Himalaia, os lagos azul-marinho e uma maravilhosa população de pandas vermelhos, milhares de visitantes deixam uma quantidade excessiva de lixo todos os dias. Em meio a esse lixo, milhares e milhares de garrafas plásticas.


Montanhas cobertas de pinheiros e picos nevados formam o pano de fundo em Lachen Imagem cortesia: Ayan Adak via India Unexplored

A explosão do turismo levou à construção de 30 hotéis em 15 anos somente na cidade de Lachen e várias organizações estão adotando a proibição do plástico, como o Comitê de Desenvolvimento do Turismo de Lachen (LTDC) e o Dzumsa , um sistema de auto governo local originário da área norte de Sikkim.

“ Começamos a ter problemas com o plástico em 2006, e é por isso que olhamos seriamente para o gerenciamento de resíduos. A quantidade de resíduos de Lachen, principalmente devido ao grande número de turistas, corre o risco de transformar a cidade em um aterro sanitário. Não temos um sistema de reciclagem. Em 2011, enquanto o plástico continuava inundando Lachen, tomamos a decisão de proibir garrafas de água. Em 2018, introduzimos a proibição de envelopes – Pipon (o chefe da vila que preside Dzumsa) Gyatso Lachenpa explicou ao Indian Express. As cidades de Lachung e Chungthang também seguiram o exemplo de Lachen . “

As garrafas a serem distribuídas aos visitantes foram fabricadas pelo indiano Dhritiman Borah, que já há quase dois anos começou a fabricar essas garrafas com o objetivo de usar apenas materiais naturais e biodegradáveis.

Sobre o trabalho de Dhritiman: Este homem criou garrafas de bambu 100% orgânicas e à prova de derramamento

© Estado on-line
© Estado on-line

Gosta de matérias sobre Sustentabilidade? Leia também:
Colombianos criam prato biodegradável que germina quando descartado
***
Pesquisadora mexicana cria plástico biodegradável a partir do suco de cactos

Fonte: GrenMe

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!