A fotografia de uma catadora de recicláveis em Três Pontas (MG) durante um dia de trabalho está concorrendo a uma premiação internacional que busca trazer luz ao tema “sustentabilidade”.

O registro eterniza uma rotina de milhares de pessoas, como a de Maria Rosa Lúcia, que há anos coleta recicláveis em troca de uma renda precária para se sustentar.

A imagem já é a mais curtida do concurso, que premiará a melhor por meio do voto popular.

Leia também: França vs Finlândia: recapitulação da partida

Quem tirou o take foi o fotógrafo Milton Lima, no galpão da Associação Trespontana de Catadores de Materiais Recicláveis da cidade, que existe há 14 anos.

Estima-se que os 17 associados recolham entre 55 e 70 mil quilos de recicláveis por mês.

Ao portal G1, Milton comentou o processo de captura da fotografia.

“Eu pensei: ‘eu acho que ali tem foto expressiva, ali tem história para contar’. Fui lá, fiz uma série de fotos e mandei dez fotos para o concurso e eles escolheram essa. Essa foto pra mim tem muita expressão, tem muito olhar, tem força, ela conta a historia toda da moça em um olhar”, contou.

Maria Rosa trabalha na associação há cinco anos ao lado do marido.

“Nasci na roça, fui criada na roça, depois vim para a cidade. Tenho quatro filhos, tenho uma neta, somos uma família de 11 irmãos. Viemos para a cidade, estudei, fiz curso de culinária. Ai quando o desemprego vem, a gente precisa cuidar da família”, contou.

Seu olhar para a câmera resume uma vida inteira de histórias, sonhos e redescobertas. Seu sonho era tornar-se advogada. Hoje, vê na reciclagem sua real missão de vida na Terra.

“Meu sonho mesmo era ser advogada, porque eu tinha vontade de cuidar das pessoas, mas eu não sabia que Deus colocou na minha mão um destino muito maior, que é cuidar do meio ambiente, como separar o lixo. Depois que eu entrei aqui, eu me apaixonei pelo trabalho. Além de tirar o sustento, a gente protege esse mundo lindo que Deus deixar pra gente”, afirmou.

Cerca de 7 mil fotografias foram enviadas para o concurso internacional. São imagens de 120 países diferentes e a brasileira está entre os finalistas. A foto de Maria já tem mais de duas mil curtidas. O vencedor do concurso vai ganhar uma exposição internacional. (Clique para curtir)

“Pra mim, ter esta foto exposta lá fora é um grande reconhecimento, A foto vencedora, desta etapa, é a foto que tiver mais curtidas nas redes sociais. Tenho uma paixão enorme por fotografia. Ver hoje o meu trabalho sendo reconhecido internacionalmente é indescritível”, afirmou o fotógrafo.

Leia também: Pais chamam PM e bombeiros após sumiço de criança: ela foi encontrada dormindo embaixo de travesseiros em MT

Fonte: G1

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS