Uma situação pra lá de inusitada ocorreu na cidade de Lucas do Rio Verde, no norte do estado de Mato Grosso. Uma mãe ligou para a Equipes da Polícia Miliar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal se mobilizaram nessa quarta-feira (17) para tentar localizar uma menina de 4 anos que estava desaparecida.
Foram cerca de 40 minutos de buscas até a criança ser encontrada dormindo embaixo de travesseiros na cama dos pais.

A mãe ligou “desesperada” informando que a filha estava brincando de ‘esconde-esconde’ com a irmã mais velha, de cerca de 10 anos, e desapareceu. Segundo a mãe, o portão da residência também estaria aberto.

A suspeita, segundo o sargento Marcelo, é que a menina usou os travesseiros no quarto dos pais para se esconder da irmã e acabou dormindo.

“O tempo estava chuvoso e propício, então ela se escondeu e acabou apagando”, brincou.

Diante do relato da mãe, o sargento pediu apoio dos bombeiros e da Guarda Municipal.

O soldado do Corpo de Bombeiros, Jamesson Rocha de Menezes, contou ao g1 que a equipe dele foi para o local imediatamente após ser acionada pela PM e pela própria família da criança.

No local, os militares realizaram buscas pela casa, pelo bairro e verificaram até câmeras de segurança dos comércios da região, mas não encontraram nenhum sinal da menina.

“Foi uma situação atípica, bem preocupante, mas que terminou em um final feliz. Os pais já tinham procurado, mas não encontraram. Fizemos buscas na casa, inclusive no quarto, e nas imediações, chamamos várias vezes pelo nome da criança, mas ela não respondia”, contou.

Tempo depois, segundo Jamesson, a mãe saiu da casa e avisou que encontrou a filha dormindo embaixo de travesseiros.

“Quem entra no quarto não consegue ver que tem uma criança lá. A criança é pequena e estava bem escondida. Não se mexia, não respondia”, disse o soldado.

A criança está bem, mas acho que a família nem vai conseguir dormir depois desse susto, não é mesmo?

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!