Na última sexta-feira (28), a modelo Candy Thuzar, Miss Myanmar 2020, ganhou asilo político do governo dos EUA após ter sua prisão decretada pelo regime de seu próprio país.

A ditadura de Myanmar, uma nação do sudeste asiático, anunciou o pedido de detenção de Candy dias após ela fazer um ato de protesto contra a junta militar que assumiu o governo através de um golpe de estado em fevereiro deste ano.

Leia também: Katy Perry usa vestido tecido por aborígenes peruanos e faz estoque esgotar em apenas 24 horas

“Por favor, ajudem. Estamos desamparados. Nos matam como animais”, disse a Miss no concurso. Ela ainda ergueu um cartaz com a frase “orem por Myanmar”.

Em três meses de protestos e perseguições, pelo menos 780 pessoas morreram e 4 mil foram presas.

Leia também: Homem pula em lago congelado para salvar a vida de um cachorrinho que ele nem conhecia

Graças à sua coragem e proatividade durante o concurso de beleza, a modelo Ma Thuzar Wint Lwin, mais conhecida como Candy Thuzar, virou notícia mundial.

Agora uma exilada em solo norte-americano, ela terá direito de morar e trabalhar legalmente nos Estados Unidos até que a democracia seja reestabelecida em seu país natal.

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS