Na última terça-feira (3), a cantora Walkyria Santos, ex-vocalista da banda Magníficos, desabafou sobre a morte do filho Lucas Santos, de 16 anos.

O jovem foi encontrado morto em casa pela manhã, na casa da família, em Natal (RN).

Através de um vídeo divulgado nas redes sociais, Walkiria lamentou o “ódio destilado na internet” e disse que precisava deixar um sinal de alerta para outras famílias não acabarem como a dela.

“Hoje (terça-feira), eu perdi meu filho, uma dor que só quem sente vai entender. Ele postou um vídeo no TikTok, uma brincadeira de adolescente com os amigos, e achou que as pessoas iriam achar engraçado, mas as pessoas não acharam, como sempre, as pessoas destilando ódio na internet. Como sempre, as pessoas deixando comentários maldosos. Meu filho acabou tirando a vida. Eu estou desolada, eu estou acabada, eu estou sem chão”, disse ela, chorando.

Leia também: Homem é criticado na internet por cuidar do bebê da namorada, que já estava grávida

Em comunicado divulgado à imprensa, o TikTok disse: “Estamos profundamente tristes com esta tragédia. Temos como nossa principal prioridade dar apoio ao bem-estar da nossa comunidade e fomentar um ambiente acolhedor e inclusivo, onde todos se sintam seguros para se expressar de forma autêntica.

Comentários de ódio, que violam nossas políticas e prejudicam nossa comunidade, são removidos da nossa plataforma. Também trabalhamos com especialistas, como o CVV, para dar apoio e oferecer recursos para qualquer pessoa que possa estar passando por um momento difícil. Enviamos nossos sentimentos mais sinceros para a família e amigos do Lucas”.

Dias depois, com a ampla repercussão do caso, famosos deixaram comentários de apoio na publicação. “Vocês têm noção como haters são destrutivos literalmente?”, questionou Carlinhos Maia. “Força”, escreveu Luísa Sonza, que já foi vítima de ataques.

“Tenham cuidado com o que vocês falam, com o que vocês comentam. Vocês podem acabar com a vida de alguém. Hoje sou eu e a minha família que choram”, declarou a cantora.

Leia também: Mãe e filho trabalham em conjunto para construir abrigos temporários para gatinhos de rua

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

Por fim, a ex-vocalista do Magníficos reforçou o pedido “para que vigiem e fiquem alerta” quanto ao uso das redes sociais.

“Eu fiz o que pude. Ele já tinha mostrado sinais, eu já tinha levado a psicólogo, já tinha conversado várias vezes com ele, mas foi só isso, foram só os comentários na internet, que fez com que ele chegasse a esse ponto”, concluiu.

“Que Deus conforte o coração da minha família e que vocês vigiem, porque essa internet está doente”.

Fonte: G1

RECOMENDAMOS