Na cidade de Roeland Park, Kansas, Estados Unidos, mãe e filho constroem, em conjunto, abrigos seguros e quentes para que gatinhos em situação de rua possam passar a noite com tranquilidade.

Para a construção, eles fazem questão de utilizar somente materiais comuns, como fita adesiva, coolers de isopor e sacos de plástico pretos, assim é mais fácil montá-los em maior quantidade.

Leia também: ‘Caixas misteriosas’ que apareceram em Salvador são, na verdade, fardos de borracha de navio nazista

A boa ação de Stephanie Lindquist-Johnson e seu filho, Phillip, de seis anos, comoveu o pessoal do bairro onde moram, que decidiram ajudá-los.

Apaixonados por gatos, eles são voluntários na Another Chance Cat Rescue, uma ONG de resgate animal. Mas, após o inverno frio do ano passado, os dois decidiram que poderiam fazer mais para os bichanos.

Como não puderam resgatar todos os gatinhos sem-teto da área, eles descobriram que uma solução seria construir abrigos improvisados ​​para eles. Então, a mulher fez um pedido no Nextdoor para pedir a seus vizinhos e partes interessadas que doassem os refrigeradores de isopor que eles não estavam usando.

As pessoas responderam positivamente, e ela começou a construir as casinhas ou abrigos, com as geladeiras doadas e com a ajuda do filho. Ele fechou as tampas com fita adesiva, fez um furo circular no meio para que trabalhassem na frente e os embrulhou em sacos de lixo.

Desta forma, os abrigos ficam bem isolados com palha suficiente dentro e prontos a serem utilizados. Em seguida, são entregues às pessoas que desejam colocar um desses pequenos abrigos de animais nos locais onde são necessários.

“Eu sinto muito por todos os animais sem-teto lá fora. Está muito frio”, disse Stephanie ao portal The Kansas City Star.

À medida que mais pessoas aprendiam o que a mulher e seu filho estavam fazendo, eles decidiram doar suprimentos e fundos para continuar seu trabalho.

Apesar do exaustivo trabalho manual necessário para construir várias dessas casinhas, os dois tiram sua força para continuar seguindo do amor pelos peludos.

Leia também: Pitt bull mantém em segurança um garoto de 3 anos perdido na floresta

“Estou um pouco viciada em fazê-los e estamos nos divertindo com isso. Vou continuar fazendo isso, desde que não entre em dívidas terríveis”, Stephanie comentou.

Em dezembro de 2020, eles já haviam conseguido construir 44 abrigos para gatos, que até são usados ​​por outros animais. Eles também doaram abrigos para organizações de defesa dos animais que, por meio de projetos, organizam eventos para arrecadar fundos e suprimentos para os bichinhos.

Muitas pessoas continuaram a doar suprimentos e fundos para que Stephanie e Phillip continuem ajudando animais desabrigados e necessitados. A mulher deixa claro que precisa da ajuda de todos que possam aderir, pois o objetivo é ajudar o maior número de animais possível.

Graças a Stephanie e Phillip, muitos animais agora têm um lugar aconchegante que podem chamar de lar ou simplesmente dormir de forma confortável e quentinha!

Fonte: CR

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS