Pelé, o eterno rei do futebol, foi diagnosticado com câncer generalizado no organismo, que inclui tumores no fígado, pulmão e intestino.

(Leia nota ao final, atualização datada de 27/01, na qual a filha do jogador desmente a piora do estado de saúde de Pelé)

A notícia é do canal de esportes ESPN Brasil, a partir de informações do Hospital Albert Einstein, onde Edson Arantes do Nascimento, 81 anos, estava internado para tratamento contra um tumor no cólon.

Na última quinta-feira (20), Pelé foi liberado da unidade hospitalar.

Leia também: Tribunal do DF concede licença paternidade de 180 dias a homem que adotou criança sozinho

Após uma bateria de exames, os médicos descobriram outros tumores no corpo do ex-jogador, espalhados entre 3 órgãos vitais.

A metástase trouxe uma preocupação especial para a equipe médica, em especial no fígado, já que ele não pode ser retirado em procedimento cirúrgico.

Pelé segue sob acompanhamento e realizando sessões de quimioterapia para evitar que o câncer se espalhe ainda mais.

Leia também: Mãe que fingia que a filha tinha doença terminal admite ser culpada pelo falecimento da menina

Fonte: R7

NOTA: Na data de ontem, contudo, a filha do jogador, Kely Nascimento, pronunciou-se nas redes sociais para negar a piora no estado de saúde do pai. Segundo informações, o câncer do ex-jogador teria se espalhado para o intestino, fígado e pulmão. A mulher afirmou que ele teria sido internado para fazer exames de rotina, mas que recebeu alta e segue em casa. Kely revelou ainda que nada teria mudado no diagnóstico e que o pai estaria bem.

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS