Hank tinha apenas 8 meses quando um bom samaritano o encontrou na floresta, mas ele não parecia um cachorrinho. Em vez de correr pela floresta com entusiasmo juvenil, o cachorro solitário ficou perfeitamente imóvel em uma cama de cachorro descartada, aparentemente imperturbável com o estranho se aproximando dele.

Cercado por seus brinquedos antigos e um saco lacrado de ração para cachorro, que ele não conseguia abrir, seu rosto transmitia uma necessidade desesperada de ajuda.

Leia tambémCachorrinho que passou 1.250 dias em abrigo não consegue acreditar que finalmente foi adotado

O Bom Samaritano ligou para o abrigo de animais local, que despachou membros da equipe para o local imediatamente para resgatar Hank. Eles estavam preocupados que ele pudesse se tornar agressivo durante o resgate, já que ele estava no modo de sobrevivência, mas ficaram agradavelmente surpresos ao descobrir que ele tinha um comportamento diferente.

“Ele não passou de amor desde o momento em que o pegaram”, disse Rosa Fond, fundadora da Humans and Animals United , ao The Dodo. “Todo mundo diz que ele é o cachorro mais doce .”

Depois de resgatá-lo, a equipe do abrigo levou Hank ao veterinário, onde descobriram que ele estava com uma perna quebrada. Segundo os médicos, Hank havia sofrido esse ferimento mais de duas semanas antes de ser resgatado.

É por isso que ele nunca saiu de sua cama na floresta, disseram. Era simplesmente muito doloroso.

A lesão de Hank exigiu uma cirurgia extensa, então o abrigo procurou a Humans and Animals United para obter ajuda.

Fond concordou instantaneamente em levá-lo aos cuidados deles e dar-lhe a intervenção médica de que ele precisava desesperadamente.

Ela levou o filhote a um hospital veterinário local, onde ele está internado por um tempo. Hank está programado para fazer sua cirurgia que mudará sua vida em breve, mas primeiro precisa ganhar um pouco de peso. Enquanto isso, ele está amando o amor diário e os carinhos que recebe da equipe veterinária.

Pedidos de adoção para Hank estão chegando desde que Humans and Animals United postou sobre ele em sua página no Facebook, mas Fond diz que ninguém foi selecionado ainda.

“Ele terá um pouco de jornada antes de ser totalmente adotável”, disse Fond. “Mas ele está seguro agora e nunca mais se machucará.”

Leia tambémMãe dá à luz filho dias depois de médicos dizerem que ele havia morrido em seu útero

Fonte: The Dodo

Compartilhe o post com seus amigos! 😉






Gabriel tem 24 anos, mora em Belo Horizonte e trabalha com redação desde 2017. De lá pra cá, já escreveu em blogs de astronomia, mídia positiva, direito, viagens, animais e até moda, com mais de 10 mil textos assinados até aqui.