Com informações de GreenMe

Imagens em nada devedoras aos mais cruéis filmes de terror tem circulado pelas redes sociais desde outubro do ano passado, mostrando a situação deplorável a que cães, gatos, macacos e outros animais eram submetidos neste laboratório alemão. Agora, após muita luta, o laboratório foi finalmente fechado!

As imagens vieram a público após serem compartilhadas na internet por duas associações em defesa dos direitos dos animais, a Cruelty Free International e a Soko Tierschutz. Nelas, é possível ver as inconfundíveis feições de desespero e pânico na face dos inúmeros animais que ali eram, e não é exagero dizer, submetidos a torturas diariamente.

À divulgação das imagens e à mobilização política a que elas levaram, se seguiram as investigações que agora culminaram no fechamento permanente do Laboratório de Farmacologia e Toxicologia alemão responsável pelas torturas. A revogação permanente da licença do laboratório foi e tem sido comemorada em todo o mundo por todos aqueles que vem acompanhando esta história.

Ao todo foram 200 animais salvos. Alguns macacos, entretanto (e talvez pelo fato de os donos do laboratório já suspeitarem de que ele seria fechado), foram vendidos antes do fechamento a uma clínica holandesa e não puderam ser salvos.

Apesar disso, se trata com toda certeza de uma grande vitória. Nas palavras de Kerry Postlewhite, da Cruelty Free International: “Estamos muito satisfeitos que as autoridades tenham tomado medidas para responsabilizar o LPT.
Níveis de crueldade com animais e violações da lei exposta por nossa investigação são totalmente inaceitáveis.
Nossas descobertas revelaram o segredo que continua a envolver o uso de animais nesses testes obsoletos e destaca a necessidade de uma revisão dos testes de toxicidade em toda a Europa. Crueldades dessa natureza não podem ocorrer em nenhum laboratório”

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!