Na última quinta-feira (14 de janeiro), o chanceler e ex-vice-presidente da Venezuela, Jorge Arreaza divulgou nota no qual o governo vizinho vai colocar oxigênio à disposição do governo do Amazonas.

O estado brasileiro é atualmente fustigado com um novo colapso sanitário devido ao avanço do novo coronavírus no Estado.

Diz o post: “Por instruções do Presidente Nicolás Maduro, conversamos com o governador do Amazonas, Wilson Lima, para disponibilizar imediatamente o oxigênio necessário para atender o contingente de saúde em Manaus”, escreveu Arreaza em uma rede social. “Solidariedade latino-americana acima de tudo”.


A ajuda surge no momento em que o Estado sofre com a abastecimento de oxigênio nas unidades hospitalares. Para tentar conter o avanço da doença respiratória no Estado, o governador Wilson Lima (PSC), suspendeu o uso de transporte coletivo em rodovias e rios e decretou o toque de recolher nas ruas entre às 19h e 6h.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Amazonas soma 223.360 casos e 5.930 mortes em decorrência da covid-19. O Estado é também o terceiro com maior índice estadual de óbtios pela doença a cada 100 mil habitantes, abaixo somente de Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Fonte: R7

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!