Parece até um pesadelo ficar sem o WhatsApp, não é mesmo? Mas é o que ocorrerá a partir do mês de novembro para milhares de pessoas. É que o WhatsApp anunciou que deixará de operar em alguns modelos de celulares.

O WhatsApp é muito utilizado em todo o Brasil e possui, em nosso país, mais de 120 milhões de usuários. Diversos deles, por possuírem esses modelos já considerados obsoletos, não mais poderão valer-se das facilidades do aplicativo.

Segundo anunciado, o mensageiro deixará de funcionar em celulares com sistemas operacionais Android 4.0.4 ou anteriores. No caso de quem possui um iPhone, aqueles com sistemas iOS9 ou inferiores também não poderão comportar o WhatsApp a partir do próximo mês. O envio e recebimento de mensagens, bem como chamadas de vídeos, se tornarão inviáveis.

Leia também: Escultura do século 18 mostra uma rede de mármore entalhado que tem encantado internautas

Lembrando que a medida não se aplica apenas aos brasileiros, mas a milhões de pessoas que estejam com dispositivos similares ao redor do globo.

Lista de celulares que não aceitarão o WhatsApp
Confira a seguir a lista de aparelhos que deixarão de suportar o WhatsApp a partir de novembro:

Samsung: Galaxy S II, Galaxy Note, Galaxy Nexus, Google Nexus S, Galaxy R, Galaxy Nexus e Galaxy Reverb;
Motorola: Droid Razr XT912, Razr XT910 e Atrix 2;
Sony: Xperia Arc S, Xperia ray, Xperia mini, Xperia Arc, Xperia active, Xperia mini pro, Xperia neo V, Xperia Neo e Xperia pro.
iPhone (2007) iPhone 3G (2008) iPhone 3GS (2009) iPhone 4 (2010) iPhone 4S (2011).
Android.
LG: Nitro HD, Optimus, Optimus 2X e Optimus 4G.

Conforme publicado pelo site Capitalish , “os motivos para desabilitar o WhatsApp em determinados celulares e sistemas operacionais tem a ver com a melhor experiência que a empresa quer oferecer aos usuários. Para isso, é necessário celulares mais modernos e recentes”.

Uma das novidades em andamento é a possibilidade de acessar até quatro dispositivos diferentes sem perder a segurança da criptografia de ponta, já conhecida da empresa. O recurso, que ainda está em fase de testes, exigirá mais dos aparelhos, que deverão estar atualizados com as novas tecnologias.

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!