Desde a notícia da vacina contra o coronavírus, o mundo se encheu de esperança de dias melhores. Vacinas com incríveis eficiências e, no caso da Bolívia, decidiram adquirir a vacina russa chamados Sputnik V.

A logística e organização da vacinação na Bolívia vem enfrentando dificuldades. Infelizmente, não havia meios de transporte adequados disponíveis e esse material de saúde devia estar frio. Pensando nisso, a resolução mais fácil pra esse problema foi levar as vacinas em um caminhão de transporta frangos.

Erick Vallejos, diretor do Serviço Departamental de Saúde (Sedes), disse a Página Siete que, infelizmente, era a única forma de transporte.

“É uma empresa de refrigeração que também transporta alimentos, para consumo humano e que são utilizados para garantir uma conservação adequada. Não podíamos transportar em outro tipo de veículo, senão íamos desperdiçar a vacina ”.

–Erick Vallejos, Diretor da Sede, disse à Página Siete –

Nas redes sociais esta situação foi bastante criticada, pois consideram lamentável que não haja transporte específico para estas situações.

Fonte indicada e adaptada: UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Mariana Ribeiro
É amante de sagas, sonha ser cineastra e é do tipo que chora rios inteiros lendo livros. Já coleciona 14 primaveras, escreve poemas, ama Raul e Legião.