Depois de perder o emprego, aos 56 anos , um trabalhador de Tula, na província de Sassari, não conseguiu mais pagar as parcelas da hipoteca .

Assim, o imóvel onde esse senhor residia, com a esposa e os dois filhos, foi retomado pelo banco em março deste ano e colocado em leilão, na casa dos 27 mil euros.

Tomasino – esse é o nome do senhor desempregado – recorreu, portanto, aos serviços sociais do município para pedir ajuda e, em vez de receber assistência por meio de algum subsídio, encontrou a generosidade de seus concidadãos.

De fato, os habitantes de Tula iniciaram uma rede de solidariedade e, graças a captação de recursos, loterias e contribuições obtidas durante os festivais, eles conseguiram coletar o dinheiro para recomprar a propriedade e devolvê-la ao trabalhador.

Um gesto de altruísmo que envolveu cidadãos, associações, comitês e a Igreja, todos unidos para ajudar Tomasino e sua família.

O prefeito de Tula se orgulha de sua comunidade:

“Foi uma mobilização extraordinária, nós, como administradores, tentamos, discretamente, levantar a questão. Todos se comprometeram e, em poucos meses, esse número foi atingido para salvar a casa de Tomasino ”, declarou o prefeito Gino Satta.

Uma história comovente que dá esperança nesses momentos em que parece ter perdido a capacidade de ajudar os outros, apoiando aqueles que têm menos sorte ou que correm o risco de perder tudo por um momento de dificuldade.

Trouxemos do site GreenMe

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!