Pouco conhecido do grande público em razão de sua natureza tímida e discreta, Ronaldo Caiado Filho, segundo os amigos, era muito unido à família e muito dedicado ao trabalho. Filho de uma das grandes figuras públicas do estado de Goiás, com projeção nacional, de que herdou ainda o nome, ele faleceu na data de ontem, no interior de Goiás.

O jovem nasceu em Goiânia, em março de 1982, sendo ele o segundo filho de Caiado com Thelma Gomes, professora de história da rede municipal e estadual em Aparecida de Goiânia, no Colégio Estadual Vida Nova.

Estudou dois semestres do curso de rádio e TV na Universidade Federal de Goiás (UFG), mas não se identificou com o curso, trancando a matrícula, e logo se mudou para São Paulo. Na capital paulista, o homem se formou em administração na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

Por muito tempo residiu em São Paulo e, há pouco mais de um ano, mudou-se para Nova Crixás para cuidar mais de perto dos negócios da família, uma vez que o pai, Governador de Goiás, não possuía tempo disponível para cuidar dos negócios diversos que possuem.

“Ronaldo Filho era uma pessoa super do bem, trabalhador, muito na dele, discreto. Ele estava trabalhando e ajudando nos negócios do pai, porque como governador, o pai não tem tempo de tratar das coisas”, disse ao g1 Adriano Rocha Lima, primo em segundo grau do Governador.

Ontem, por volta das 19:15, iniciou-se o velório de Ronaldo Filho, sendo que o pai mostrou-se desolado em meio a essa precoce despedida:

Nas redes sociais, Caiado homenageou o filho tentando expressar, a um só tempo, a infinitude do amor e da dor que estava sentindo:

“Meu filho querido. Minha dor neste momento só não é maior do que o meu amor por você. Que Deus o acolha na Sua Glória Infinita.”

Foto divulgada nas redes sociais de Ronaldo Caiado

Leia também:
Filho de Ronaldo Caiado morreu no dia do aniversário da irmã

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!