A Marinha da Indonésia confirmou, neste domingo (25), ter encontrado o submarino desaparecido que naufragou há quatro dias antes na costa de Bali.

Foi confirmada ainda a morte dos 53 membros de sua tripulação, após uma busca intensa e desesperada.

A embarcação foi encontrada na última quarta-feira, seccionado em três partes, no fundo do mar na costa de Bali, segundo o chefe do Estado-Maior da Marinha, Yudo Margono.

Diante de todas as buscas e investigações, o chefe das Forças Armadas da Indonésia, Hadi Tjahjanto, confirmou aos jornalistas que “todos os 53 tripulantes morreram”.

As autoridades disseram que receberam sinais do local a mais de 800 metros de profundidade na madrugada deste domingo.

E acrescentou que usaram um veículo de resgate subaquático fornecido por Singapura para obter confirmação visual.

Aviões, barcos e centenas de soldados foram mobilizados para localizar o “KRI Nanggala 402”, um submersível de cerca de quarenta anos de construção alemã, desaparecido durante exercícios militares.

Entre os objetos encontrados, foram recuperados parte de um sistema de torpedo e um frasco de graxa para lubrificar periscópios.

Também foi encontrado um tapete para orações, comum na Indonésia, país que abriga o maior número de muçulmanos do mundo.

Os “melhores patriotas”
O presidente Joko Widodo descreveu os marinheiros desaparecidos como os “melhores patriotas”.

“Todos os indonésios expressam sua profunda tristeza por este acidente, especialmente aos parentes da tripulação do submarino”, acrescentou o presidente.

A Revista Pazes apoia as medidas sociais de isolamento.
Se puder, fique em casa. Evite aglomerações. Use máscara.
Quando chegar a sua vez, vacine-se.
A vida agradece!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!