Compartilho com vocês o vídeo poema Sina, produção que compõe a série: “Poéticas do Olhar”, projeto premiado pelo edital Calendário das Artes 2020 – 8ª edição, promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e assinado por mim.

O projeto é composto por cinco microvídeos poéticos. As produções exploram as imagens do cotidiano do sertão e dialogam com poesias textuais de minha autoria.

A trilha instrumental dos vídeos, intitulada “Mutuacá”, é uma colaboração do artista amapaense Alan Gomes e mistura os ritmos musicais do norte, incluindo o Marabaixo.

Ao falar sobre a poesia, a poeta Adélia Prado diz que: “a maior vingança da poesia, é ela ser maior do que a gente”. De fato, a poesia é imensa e intangível, existe para além de si mesma e se ascende num infinito campos linguagens, experiências e possibilidades. Poéticas do Olhar aposta, portanto, no pluralismo dessas linguagens.

Espero que gostem 🙂

Com afeto,

Manú.

RECOMENDAMOS