Terezinha Rodrigues, de 87 anos, foi vacinada contra o coronavírus no dia 20 de janeiro no Brasil. Ela fez questão que sua boneca, que considera filha, fosse vacinada também, e o resultado foi uma explosão de fofura.

Cidinha, a amada boneca de dona Terezinha foi ‘vacinada’, o que com certeza alegrou muito a senhorinha. “Ela, com aquela recepção que a gente não esperava, disse: ‘Vacine minha filha Cidinha, para que ela não adoeça, por favor. Nem ela nem eu ”, disse a operária Alailza Gomes a Razoes , que não resistiu à ternura da velha que frequentara o local.

“Eu pensei que ela tinha que se vacinar também, certo? Igual a mim. Ou ia ficar muito doente … vai fazer três anos, então é melhor se vacinar logo ”, disse Terezinha

A avó não teve uma história de vida fácil, chegou ao lar de idosos São Vicente de Paulo, em Campina Grande (PB), em 2004, e sofre de alguns problemas psicológicos e dependência de álcool. Depois de Cidinha, a vida da senhora se alegrou imensamente.

Fonte indicada e adaptada: UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Mariana Ribeiro
É amante de sagas, sonha ser cineastra e é do tipo que chora rios inteiros lendo livros. Já coleciona 14 primaveras, escreve poemas, ama Raul e Legião.