Não foram poucos os brasileiros que se aproximaram dos complexos conceitos freudianos por meio da prosa clara e envolvente de Contardo Calligaris. Nascido em Milão, na Itália, há 72 anos (e radicado no Brasil há vinte), o psicanalista morreu nesta terça-feira em decorrência de um câncer – para trata-lo, estava internado no Hospital Albert-Einstein desde fevereiro. A morte foi confirmada pelo filho, Max Calligaris, por meio de uma postagem no Instagram.

Muitos o conheceram graças à coluna que assinava na Folha de S. Paulo, uma das mais lidas do jornal, desde 1999. Ele lapidou os conceitos elaborados por Freud na Escola Freudiana de Paris. Nos anos 1970, chegou a ter aulas com Jacques Lacan. Doutor em Psicologia Clínica pela Universidade de Provença (França), Contardo foi Professor de Antropologia na Universidade da Califórnia em Berkeley (Estados Unidos) e de Estudos culturais na The New School em Nova York.

Fonte Exame

A Revista Pazes apoia as medidas sociais de isolamento.
Se puder, fique em casa. Evite aglomerações. Use máscara.
Quando chegar a sua vez, vacine-se.
A vida agradece!

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!