Segundo noticiado pelo site G1, um jovem de 18 anos invadiu uma escola infantil em Santa Catarina e ao menos três crianças e duas funcionárias de uma escola infantil foram mortos.

O ataque ocorreu nesta terça-feira (4). O assassino é um jovem de 18 anos que adentrou o prédio empunhando um facão. Após golpear as vítimas, ele deu golpes contra o próprio corpo e foi levado em estado gravíssimo para um hospital.

Chamada Aquarela, a escola atende crianças de 6 meses a 2 anos.

As funcionárias eram professora e agente educacional da escola. Keli Adriane Aniecevski dava aulas na unidade havia cinco anos. Ainda não há mais informações sobre as outras vítimas.

O prefeito da cidade, Maciel Schneider, chorou ao falar do caso: “Tenho filho pequeno”. Uma professora da escola, que não estava na unidade no momento do ataque, disse que, segundo relatos, funcionárias começaram a esconder os bebês quando o assassino começou o ataque.

A professora Keli Adriane Aniecevski, 30 anos, é uma das vítimas. A informação foi confirmada por familiares de Kelly e pela secretária de educação do município, Gisela Hermann. A prima da educadora, Silvane Elfel, contou ao G1 que ela trabalhava na unidade havia cerca de 10 anos no local.

Ela era uma pessoa alegre, sempre disposta, simpática, carismática sempre, ajudando o próximo quando ela podia. Então, assim, é uma tristeza que eu não sei explicar, eu não tenho explicação para isso”, disse a prima da professora.

‘Uma cena de terror’, diz secretária municipal de Educação

De acordo com o 2º Batalhão da PM de Chapecó, que prestou apoio à ocorrência, a corporação começou a receber várias ligações de moradores e funcionários pedindo socorro por volta das 10h35. Segundo os relatos, um pessoa que entrou na escola estava golpeando alunos e professores com um facão.

Este conteúdo está sendo atualizado.

A Revista Pazes apoia as medidas sociais de isolamento.
Se puder, fique em casa. Evite aglomerações. Use máscara.
Quando chegar a sua vez, vacine-se.
A vida agradece!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!