Frente a pandemia de coronavírus estamos presenciando as mais diferentes ações e reações. Se algumas delas nos chocam e mostram egoísmo e frieza, outras aquecem o nosso coração e nos enchem de ternura.

Aqui não nos cabe julgar o perfil político do país e sim mostrar um exemplo completamente inusitado: em Israel o presidente Reuven Rivlin utiliza de histórias infantis para ter um contato mais leve com a sua população enquanto a acalma e mostra que a fantasia e a cultura são grandes armas para nos manter com esperança no futuro, apesar do isolamento.

Ele possui redes sociais e, semanalmente, as acessa para contar histórias. Segundo ele “os pais merecem uma folga.”, pois estão preocupados e sobrecarregados com a nova realidade, pois estar com as crianças é cansativo e desafiante.

“Por isso, resolvi ajudar os pais e dar a eles um pequeno intervalo, convidando as criancas a me acompanharem nesta hora da história, seja toda a família ou seja só as crianças, enquanto os adultos aproveitam para tomar um café, sem os celulares!”.

Segundo o site São Paulo para crianças, o primeiro livro que o líder israelense leu foi o livro hebraico de Lea Goldberg, “Dira Lehaskir” (“Quarto para alugar”). Veja abaixo que coisa mais fofa.

Texto do site Conti Outra

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!