A seleção croata perdeu a final da Copa do Mundo 2018, ao ser derrotada pela França por 4a 2. A presidenta de seu país, Kolinda Grabar-Kitarović, já havia ganhado os holofotes do mundo ao vestir-se com o uniforme de sua seleção, durante os jogo e, literalmente, roubou a cena no jogo final.

Esteve atenta ao jogo, na tribuna VIP do Estádio Luzhniki, sendo flagrada inúmeras vezes na torcida emocionada por sua seleção.

Finalizada a partida, mesmo diante da derrota dos seus jogadores, deu mostras de incontestável fair-play ao parabenizar imediatamente Emmanuel Macron, presidente francês, ao lado de quem assistiu à final.

Os dois desceram juntos, de mãos dadas, ao gramado para participarem da entrega da premiação. Na cerimônia, sempre sorridente e emocionada, presenteou-nos com um seu sorriso, abraçando a todos os jogadores, tanto da Croácia quanto da França..

Deu um abraço sentido a Luka Modric, eleito Melhor Jogador do Mundial 2018 e os parabenizou especialmente Mbappé, Melhor Jogador Jovem da prova.

A imagem de Kolinda, embaixo de chuva, na alegria do cumprimento aos seus jogadores, entrará para a história em contraste com o semblante sempre austero de Putim, presidente da Rússia, este devidamente coberto da chuva por funcionários do  cerimonial.

Como se não bastasse, ela viajou para a Rússia em voo econômico junto aos torcedores e pagou os ingressos para os jogos do próprio bolso. Que bonito exemplo!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!