Bruno Covas, prefeito licenciado de São Paulo, permanece, na manhã deste sábado (15), na companhia de familiares em um quarto do hospital Sírio-Libanês.

O político segue internado desde o dia 2 de maio para tratamento do câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado. Segundo boletim médico datado de ontem, ele apresentou piora do estado de saúde no início da noite da sexta-feira (14). Ele está sedado e medicado.

Leia também: Bruno Covas tem quadro clínico irreversível, afirma boletim médico

Não há previsão de divulgação de um novo boletim médico. De acordo com informações da Record TV, o prefeito está na companhia do filho Tomás e demais familiares.

Bruno Covas é político de berço. Nascido em Santos, foi para São Paulo no Ensino Médio, para morar com o avô, o então governador Mário Covas, no Palácio dos Bandeirantes, sede do Executivo paulista.

Bruno estudou Direito e Economia, segundo ele, porque eram graduações que poderiam prepará-lo para ser gestor público.

Sempre pertenceu aos quadros do PSDB, partido fundado pelo avô, desde 1998, aos 18 anos, Bruno Covas exerceu diversos cargos públicos.

Em 2006, foi eleito para a Assembleia Legislativa de São Paulo, reeleito em 2010.

No ano seguinte, licenciou-se do mandato de deputado estadual para ser secretário do Meio Ambiente de São Paulo, escolhido pelo então governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Em 2014, Bruno Covas subiu mais um degrau, eleito deputado federal por São Paulo.

Em 2016, foi eleito vice-prefeito na chapa do atual governador João Dória, tendo assumido o cargo de prefeito em 2018 e sido reeleito para o cargo de prefeito em 2020.

A Revista Pazes apoia as medidas sociais de isolamento.
Se puder, fique em casa. Evite aglomerações. Use máscara.
Quando chegar a sua vez, vacine-se.
A vida agradece!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!