Realmente há pessoas que parecem não se importar com as suas próprias vidas, bem como a vida dos seus familiares. Na madrugada de hoje, sexta-feira (12), a A Polícia Civil interrompeu uma festa clandestina, levando detidos mais de de 150 pessoas. A festa acontecia no Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo.

Nem mesmo os mais de 2000 mortos noticiados na data de ontem foram capazes de vencer a ignorância dessas pessoas. Sair de casa em plena pandemia em seu estágio mais crítico é de uma insensatez inominável.

Como se sabe, estão proibidas aglomerações em todo o Estado de São Paulo e os noticiários estão repletos de sofrimento, de choro… de mortes.

Conforme noticiado pelo G1, na balada estavam muitos jovens, a maioria sem máscaras de proteção. Sobre as mesas, foram encontrados diversos narguilés, cujo uso é compartilhado. O flagrante ocorreu por volta da 1h após o recebimento de uma denúncia anônima. A balada funcionava na Rua Francisco Marengo. Cerca de 30 policiais participaram da operação.

Os detidos foram liberados após assinarem um termo circunstanciado e devem responder por desrespeito as regras determinadas durante a pandemia.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!