Um pássaro ficou congelado, na madrugada desta terça-feira (29), em Cascavel, no oeste paranaense. O animal foi filmado por um morador de uma propriedade rural de Espigão Azul. Nas imagens, é possível ver uma camada de gelo cobrindo a ave.

Apesar de ter gerado diversos questionamentos sobre a ave ter morrido devido as baixas temperaturas, o médico veterinário do Zoológico de Cascavel, Ilair Detoni, explica que as condições naturais dos pássaros não permitiriam que isso de fato acontecesse. Segundo ele, provavelmente, o animal já estava morto e seu corpo acabou congelado durante a madrugada.

“Os pássaros tem um mecanismo estrutural mecânico que faz com que eles travem a patinha para dormir durante a noite. Esta patinha está aberta, a própria condição de congelamento dele mostra um animal com uma comida na boca e caído de forma lateral. [Esses sinais] me indicam que ele morreu no chão e congelou, e alguém achou interessante colocar ele em uma posição de sono para impactar”

O veterinário também explica que a temperatura corporal é um fator que impede este congelamento.

“Os animais eles têm uma temperatura corporal de quase 40° e eles não morrem congelado. A estrutura de penas deles também os mantêm bem abrigados do frio”.

Cascavel registrou temperaturas negativas nesta terça-feira (29), ultrapassando os -2°C. No restante do estado, os termômetros também marcaram temperaturas muito baixas.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!