Fonte: site Bebê Mamãe

Uma importante revisão de estudos, levada a cabo pelo Fundo Mundial para Pesquisa em Câncer,  levou à conclusão de que a saúde das nossas crianças pode estar sendo colocada em risco pelo uso de tablets e celulares. No total esses estudos envolvem dados coletados de mais de 200 mil pessoas, número bastante expressivo.

Dentre os problemas de saúde causados pelo uso desregrado dos aparelhos, a obesidade se destaca, dado que ela eleva consideravelmente o risco de acometimento por outras doenças. Pesquisas já provaram que a obesidade aumenta o risco da pessoa desenvolver alguns tipos de câncer, como: de mama, de colo, nos rins, fígado, ovários, pâncreas e próstata.

Os pesquisadores observaram também que há uma forte relação entre a utilização dos aparelhos e a elevação do número de crianças com problemas na visão. O número de crianças com miopia dobrou nos últimos 50 anos.

Veja qual é o limite da exposição das crianças ao celular
Saiba que a orientação da Academia Americana de Pediatria (AAP) em relação à exposição das crianças às telas é a seguinte:

No mundo atual, contudo, impedir as crianças de terem acesso a essas tecnologias pode não ser uma saída viável, além de pouco recomendável. Nesse sentido, a Academia Americana de Pediatria nos recomenda algumas precauções, que seguem abaixo:

Bebês menores de 18 meses não devem ser expostos a telas, a não ser que seja para conversar com outro adulto em videoconferência ou algo assim;

Entre os dois e cinco anos o tempo de exposição às telas deve se limitar a UMA HORA por dia e a criança deve ser exposta a conteúdos apropriados para sua idade e de qualidade;

Para maiores de 6 anos é importante colocar limites sobre qual será o tempo de exposição às telas, sempre tendo em mente que este tempo não deve interferir nas outras atividades dos pequenos, especialmente nas atividades físicas e escolares;

A AAP ainda ressalta que o celular ou tablet NÃO deve ser utilizado durante as refeições.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!