Do Catraca Livre
Hélder Teixeira, participante do Big Brother Portugal foi expulso ao vivo do reality show na noite de ontem, 28, após fazer uma saudação nazista.

Helder já havia participado da edição 2020 do programa, onde fez diversos comentários homofóbicos e sexistas.

“Por tudo isso, Hélder deixou de ser bem-vindo na minha casa”, disse o “Big Boss” ao anunciar a expulsão.

Hélder chegou a ser alertado por uma participante sobre o teor do gesto, mas ignorou o alerta.

O apresentador do Big Brother Portugal ainda chamou a atenção do participante ao vivo e destacou o horror presente no holocausto, além de cobrar a responsabilidade dos “brothers”.

“Há temas com os quais nunca podemos brincar, correndo o risco de desvalorizar ou banalizar. O gesto que você fez simboliza milhões de mortos”, começou a voz suprema. Hélder sabe melhor que ninguém a importância das palavras e gestos no Big Brother”, continuou o apresentador.

Em nota, a TVI diz que “no Dia Internacional da Lembrança do Holocausto, Hélder replicou uma conhecida saudação nazi depois de já o ter feito anteriormente e ter sido avisado por Quinaz e Helena quanto à gravidade do seu comportamento. O concorrente de Santa Maria da Feira parece não ter entendido a gravidade da situação e repetiu vários gestos inaceitáveis alusivos a esse marco tão negativo da história.”

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!