Ao falar aos estudantes do instituto público Ennio Quirino Visconti de Roma, o papa Francisco fez um pedido aos jovens: “Libertai-vos da dependência do celular! Por favor!” Em seguida, o papa alertou que “os telefones celulares são um grande progresso, e são de grande ajuda, e é preciso usá-los, mas quem se transforma em escravo do telefone perde a sua liberdade”.

O vício do celular, a necessidade de estar o tempo todo online e checando redes sociais, mensagens e notícias diversas, para o papa, é similar ao efeito de uma droga.

Alertou ainda para a possibilidade do celular transformar a comunicação em meros contatos. Fora isso, o papa deixou ainda outros conselhos chamando atenção para o necessidade da escola educar em “prol da inclusão, do respeito à diversidade e da cooperação”, sublinhou o papa.

O pontífice disse aos jovens estudantes que não tenham medo “das diversidades“, lembrando que “o diálogo entre as diferentes culturas enriquece um país, enriquece a pátria, e nos faz olhar para uma terra de todos e não só para alguns“.

Bendito Francisco! Somos admiradores dos posicionamentos do papa.

Se você concorda com esses conselhos, compartilhe!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!