O mundo está paralisado pela pandemia de coronavírus. Como temos permanecido sabiamente em nossas casas para evitar uma propagação desenfreada do vírus de sorte a colapsar o sistema de saúde, muitos lugares foram completamente despovoados e os animais perceberam isso.

Incontáveis de imagens circularam sobre diferentes espécies que retornam a lugares que antes não podiam ser encontrados devido à ameaça humana. Dentre elas, hoje é a vez de uma espécie em extinção, que não era vista há muito tempo e hoje foi vista em um parque na Rússia e as suas imagens encantam o mundo. Trata-se do leopardo-das-neves.

UN

As imagens são do Parque Nacional Sailugem , localizado no sul da Rússia, onde o leopardo-das-neves foi mostrado a alguns metros de distância.

O animal imponente foi fotografado a uma distância de 20 metros pelo pesquisador Aleksey Kuzhlekov , que faz parte do programa “Preservação da diversidade biológica e desenvolvimento do turismo ecológico” do projeto russo Ecology.

Aleksey Kuzhlekov
Aleksey Kuzhlekov

Segundo o Projeto Altai, este animal é referido como predador, mas desempenha um papel crucial na manutenção do equilíbrio ecológico da região , que varia de grandes mamíferos a gramíneas e até roedores.

National Geographic
National Geographic

Desde 1998, a organização tem feito grandes esforços para preservar as espécies.No entanto, as amostras do leopardo da neve são geralmente encontradas fora das áreas protegidas.

Leia também:
Quarentena: Coiotes passeiam livremente pelas ruas de São Francisco
Coronavírus: sem turistas, tartarugas retornam em massa para fazer seus ninhos nas costas indianas

Adaptado do site UPSOCL para a Revista Pazes.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!