Daniel Biber, notável fotógrafo alemão, estava na Costa Brava, no nordeste da Espanha, quando percebeu um fenômeno da natureza que nem sequer tinha a noção de que existia. De um segundo para o outro, ele viu um bando de centenas e até milhares de pássaros se movendo e girando simultaneamente, sugerindo um único organismo coordenado.

Pensando que os “estorninhos” estavam apenas se movendo de um lugar para outro, ele começou a fotografá-los e, no total, capturou mais de uma dúzia de fotografias ilustrando o incrível processo que estavam realizando. Quando voltou para casa, revisou as imagens e descobriu de uma maneira sem precedentes que a multidão de pássaros era realmente uma grande figura no céu composta por centenas de estorninhos.

Daniel Biber
Daniel Biber

“Eu estava tão focado em tirar fotos na época que nem percebi que os estorninhos haviam criado um pássaro gigante no céu“, disse Daniel Biber.

Daniel Biber
Daniel Biber
Daniel Biber
Daniel Biber
Daniel Biber
Daniel Biber
Daniel Biber
Daniel Biber

A maravilhosa sequência de imagens lhe rendeu um prêmio em um concurso internacional de fotografia, onde destacaram o fenômeno sem precedentes que Biber havia registrado sem nem perceber.

Fonte: UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!