No início do mês, uma mulher da África do Sul chamou a atenção de toda a imprensa por afirmar ter dado à luz 10 bebês. Contudo, diversas peculiaridades trouxeram dúvidas sobre o relato e a polícia resolveu investigar.

A reviravolta foi impressionante.

Gosiame Sithole, de 37 anos, foi detida nas proximidades de Joanesburgo, na casa de parentes.

A imprensa sul-africana tratou o assunto com bastante interesse, colocando ainda mais pressão nas investigações. As suspeitas acerca de uma possível armação se intensificaram quando o marido de Gosiame, Tebogo Tsotetsi, afirmou “não acreditar que os 10 filhos existiam”.

Ele se disse decepcionado por não conseguir ver seus 10 filhos. Tebogo narrou várias tentativas frustradas de encontrar com os supostos bebês, que nunca apareceram diante das câmeras.

Gosiame Sithole, de 37 anos

Gosiame afirmou ter dado à luz no Hospital Mediclinic Medforum, que fica em Pretória. O centro médico diz não ter atendido a mulher de 37 anos.

“Podemos confirmar que nenhuma de nossas instalações estava envolvida no cuidado obstétrico desta paciente”, declarou Tertia Kruger, porta-voz do hospital.

A falsidade da gravidez foi sacramentada pelo Departamento Nacional de Saúde da África do Sul, que não encontrou evidências do nascimento dos 10 bebês. A polícia não fala em crime cometido pela mulher, que foi levada para um hospital psiquiátrico.

A advogada de Gosiame Sithole, Refiloe Mokoena, diz que sua cliente está detida contra a sua vontade. Ela garante que irá buscar sua libertação na Justiça.

Fonte: Hypeness

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!