Com informações de Razões Para Acreditar

Daisy-May Demetre, uma menina britânica de 9 anos, sonha em ser modelo profissional e está trabalhando duro para isso. O fato de ter tido as duas pernas amputadas quando ainda era bebê está longe de ser, para Daisy, um obstáculo intransponível.

Daisy teve hemimelia fibular, uma má formação congênita, não muito comum, que se caracteriza pela ausência parcial ou completa da fíbula, osso da parte inferior da perna. Os pais da garotinha, Alex e Claire, então, optaram pela amputação (ela tinha 18 meses) na esperança de que a utilização de próteses ampliasse o seu bem-estar.

Em certa ocasião, Alex assistiu em um programa de TV que uma agência de modelos passaria a lançar crianças com deficiência em campanhas publicitárias. Ele pensou imediatamente em Daisy e entrou em contato com a agência. Ele mal poderia imaginar o sucesso que a sua filha viria a fazer nas passarelas.

Agora, a mocinha acaba de se tornar a primeira criança com membro amputado a receber o convite para desfilar no New York Fashion Week, um dos principais eventos de moda do mundo, e isso após já ter trabalho em peças publicitárias para a Nike e a Matalan.

Ninguém poderia imaginar que o futuro de Daisy seria assim tão surpreendente. Nas palavras do pai, “[Daisy] estará fazendo história. É bom que ela seja a primeira, mas, daqui para frente, queremos que crianças amputadas estejam modelando nesses shows o tempo todo”

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!