Pela terceira vez em menos de 12 meses, o ator e modelo Luciano Szafir testou positivo para o novo coronavírus.

Agora, ele chegou a ficar pouco mais de um mês internado, com muitas complicações associadas à infecção pelo vírus.

Em junho do ano passado, Szafir foi hospitalizado, recebendo alta no dia 24 de julho. À época, ele explicou que teve sintomas leves no dia 15 de junho. Era a data da vacinação na capital carioca para quem tem 52 anos. Mas Luciano foi aconselhado pelo médico a não tomar a vacina contra a Covid naquele dia.

“Ele falou: ‘Não, você está com sintomas? Vai fazer uma tomografia, porque se você tiver com a doença, com o vírus, isso vai vir muito forte em você””, contou o ator.

Logo, ele estava contaminado pela segunda vez em quatro meses. A primeira foi em fevereiro. “Eu fiquei 17 dias no meu quarto isolado, longe de todo mundo”.

Desta vez, a doença evoluiu a passos largos.

“Febre alta, um pouco de falta de ar e ele foi internado no hospital no dia 22 de junho já com diagnóstico de Covid e precisando de oxigênio”, explicou o pneumologista e diretor-geral do Copa Star, João Pantoja.

O comprometimento pulmonar, que era de 25%, logo passou pra 50%, e veio o primeiro susto. No dia 2 de julho, Szafir desenvolveu embolia pulmonar. Com os anticoagulantes para tratar a embolia, o ator começou a melhorar. Mas, quatro dias depois, uma emergência surpreendeu a equipe médica.

“Ele fez uma dor abdominal súbita. Se descobre que ele tinha perfurado uma alça intestinal e tinha sangue na cavidade abdominal”, contou João Pantoja.

Fonte: Revista Quem

RECOMENDAMOS